Nota de falecimento: Zelia de Almeida Cardoso

Postado em Literatura |

12 de julho de 2021

No dia 10 de julho de 2021 faleceu a professora Zelia de Almeida Cardoso, autora da tradução de Otávia, tragédia pretexta pseudossenequiana que a Editora Madamu lançou em abril deste ano. Foi, portanto, o último trabalho publicado da grande professora de todos nós. Nosso relacionamento com professora Zelia foi recente e, infelizmente, curto demais. Contudo, no trabalho conjunto ficou evidente o seu cuidado com a palavra, com cada palavra. A tradução de Otávia, que estava pronta e permaneceu na gaveta por alguns anos, foi minuciosamente revisada e corrigida pela tradutora antes da publicação, bem como o estudo introdutório e as notas. Foi uma vida inteira dedicada ao estudo do latim – conhecimento que fica evidente nesta edição bilíngue.

Prof. Henrique Cairus, do grupo InfoClassicas, sintetizou bem o sentimento de todos nós: “Com o mais profundo pesar informo o falecimento de nossa amada Professora Zelia Ladeira Veras de Almeida Cardoso (USP). Com ela vai uma parte fundamental da memória dos Estudos Clássicos no Brasil e muitas de nossas sentidas lágrimas. Não há classicista no Brasil que não deva muito a ela. Os Estudos Clássicos estão de luto profundo.”

Como reafirmou o Prof. Marcos Martinho dos Santos, na nota publicada pelo Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas da FFLCH-USP, a professora Zelia “deixou família numerosa: duas filhas, três filhos, netos e também, que eram extensão da família, muitos profissionais formados por ela, que hoje atuam como docentes e pesquisadores em universidades públicas espalhadas por todo o País”.

Aqui a última aparição pública da professora Zelia, por ocasião da comemoração dos 50 anos do PPG Letras Clássicas da USP, em live no dia 24 de junho de 2021.

À professora Zelia, nosso respeito por sua trajetória e seu legado.

Posts Recentes

Nicômaco ou Nicômacos: qual é o certo?

Centenário de Mário da Gama Kury (1922-2022)

Livro “As palavras e a lei” ganha nova edição revista e atualizada

Otávia: uma tragédia latina que ecoa até os nossos dias no teatro e no cinema

A nova edição da Lei das XII Tábuas: um desafio e tanto!

Os Amores de Philippe: um romance esquecido por 140 anos

A Escrava Isaura: uma mulher que encanta os brasileiros até hoje!

Folhetim em Grande Estilo: o desafio de publicar um clássico

A Madamu agora tem um blog!

Siga-Nos

Blog da Editora Madamu - © 2021 - 2022 - Todos os direitos reservados